Arquivo da tag: decoração

Pensa em construir ou reformar? Confira as dicas.

O sonho de muita gente é ter a casa própria. Mas, com os preços exorbitantes pedidos atualmente pelo mercado para a venda de imóveis novos e usados, a alternativa que muitos encontraram foi a construção e reforma.

O problema é que mesmo até nesta hora os preços assustam. Só que existem formas de economizar com arquitetura e decoração interiores. Acompanhe o texto a seguir e saiba mais!

1 Escolhendo materiais alternativos para construção de sua casa

No Brasil, cultivou-se, por muito tempo, a ideia de que as melhores construções eram aquelas erguidas em tijolo e concreto.

Porém, com a expansão da internet e a comunicação via redes sociais, não só arquitetos como também civis tiveram acesso a mais informações e passaram a se interessar mais por outros modelos construtivos. Hoje, muita gente defende o resgate de técnicas tradicionais, assim como a adoção e novas.

Existem várias empresas no mercado especializadas em oferecer soluções mais em conta para moradias. Algumas oferecem planos onde é incluído não só o valor total dos materiais, como também dos equipamento e da mão-de-obra. Há exemplos de edificações sendo montadas em peças pré-fabricadas nos mais diferentes materiais, como madeira e plástico; ou em blocos, como é o caso das casas feitas a partir de containers navais reciclados.

2 Optando por interiores mais abertos e integrados

Algo que também diminui o custo das construções é prever espaços internos mais abertos, ou seja, com menos panos fechados de paredes. O conceito de ‘espaços integrados’ está muito em voga atualmente.

Nos Estados Unidos, é comum, já há bastante tempo, a ideia de montar área de preparo dos alimentos, estar e jantar num único espaço. Mas, os brasileiros só adotaram essa prática mais recentemente.

Não é a toa que muitos empreendimentos no Brasil oferecem, em propaganda, imóveis com a tal “cozinha americana”. Isso tem muito a ver com uma planta mais aberta – onde é feito, justamente, esta integração entre cozinha e sala.

Mas, também há outras conexões espaciais que se pode fazer. Por exemplo, sala e varanda, sala e quarto, sala e office, e cozinha e área de serviço. Esta decisão ficará por conta do projetista!

3 Deixando os materiais das estruturas aparentes

Um dos detalhes arquitetônicos mais significativos listados no orçamento de uma obra são os acabamentos. Revestir paredes, piso e teto pode encarecer demais o valor da construção de uma moradia.

Algo que a pessoa pode fazer para diminuir este custo é deixar os materiais utilizados para erguer as estruturas aparente. Fica bonito expor “ao natural” superfícies metálicas, em madeira, cimento, tijolo de barro, e mais.

Essa medida pode, sim, ser adotada com o intuito de deixar a construção de uma casa mais barata. Mas, há outras razões por trás do por que muitas pessoas preferem adotar tal estratégia estética.

Em parte, tem a ver com tentar expressar um estilo mais despojado, descontraído; ou seja, mais limpo, sem tantos detalhes. Isso “casa” com decorações urbanas modernas – do tipo clean, industrial ou outra.

4 Construindo o próprio mobiliário

Então, conseguiu-se poupar na construção e nos acabamentos das estruturas de uma casa. Na fase seguinte, tem-se a ambientação – o que, aliás, é uma etapa muito importante, já que não se consegue aproveitar bem os ambientes sem que estes estejam minimamente mobiliados.

Acontece que é possível criar lindas peças de design de uma forma muito simples e criativa!

Também nesta área profissional, a de projetos mobiliários, existem muitos movimentos artísticos que defendem a utilização de materiais alternativos. O ‘upcycle’, por exemplo, seria uma maneira diferente de reutilização de elementos.

Certos itens que seriam descartados e até destinados aos lixões, supostamente, ganhariam uma nova chance, sendo transformados em algo com mais qualidade e valor ambiental.

Fazendo uma pesquisa rápida na internet, é possível conferir vários exemplos inteligentes de economia com ambientações de interiores. Em alguns casos, se fez a repaginação e o reuso de objetos antigos.

Também se improvisou com restos de obras, como pallets e blocos de concreto. E também se moldou peças personalizadas – como é o caso das bancadas feitas em cimento com vidro.

5 Reaproveitando materiais para personalizar a decoração

Por fim, é possível gastar menos com a personalização da decoração.

Arquitetos e designers têm apresentado ótimas ideias quanto a “como enriquecer as propostas sem gastar muito”.

Fonte: https://financaspessoais.organizze.com.br

Vai redecorar o quarto do seu filho ou filha?

A decoração de quarto infantil é um do momentos mais divertidos quando vamos planejar ou repaginar a nossa casa. Dependendo da idade dos seus filhos eles podem, inclusive, ajudar a escolher temas, móveis e acessórios.

A tarefa pode ser bastante complicada, tanto para o quarto de menino quanto para o quarto de menina, mas não deixa de ser recompensadora, veja algumas dicas que separamos para te ajudar na hora de planejar uma decoração de quarto infantil.

“O quarto deve refletir o mundo da criança, ser seu cantinho e ,ao mesmo tempo, um lugar organizado que facilite a vida da mamãe na hora da arrumação.”Ana Lúcia Adriano, designer de interiores.

1. Descubra os gostos e sonhos de seus filhos:

O gosto das crianças deve ser levado em consideração, afinal são eles que vão dormir, brincar e passar a maior parte do tempo no cômodo, cuidado apenas com os exageros nos pedidos dos pequenos.

2. Coloque uma mesa de estudos ou atividades:

A decoração de quarto infantil deve conter esse espaço para a criança ganhar o hábito de estudar ou desenhar, por exemplo, em um lugar adequado. E, para ter tudo no seu lugar, você pode também usar bancada para quarto ou prateleiras para quarto.

Você também pode colocar um closet para complementar a decoração e organizar o quarto das crianças.

Em muitos projetos a beliche com escrivaninha para quarto de criança é a solução ideal para otimizar o espaço.

3. Dê bastante atenção para a iluminação:

Não obstrua a janela com móveis ou cortinas para quarto que sejam pesadas, invista em uma iluminação para a mesa e em uma iluminação indireta também. Isso é importante desde o quarto de bebê.

4. Use as cores preferidas das crianças:

Meninos tendem escolher azul e meninas o rosa, mas apresente outra opções de cores. Só evite cores muito vibrantes, pois deixam a criança mais agitada.

5. Crie um mundo especial no quarto infantil:

Coloque coisas no quarto infantil que estimulem a criatividade e o interesse das crianças.  Mapas, tinta lousa na parede, luminárias, além dos brinquedos são ótimos para isso.

6. Deixe os brinquedos e livros no alcance da criança:

A técnica do quarto montessoriano vem sido bastante usada. Ela consiste em deixar um ambiente estimulante, que favorece a expressão de suas capacidades através do aprendizado com suas próprias experiências. O estilo do quarto montessoriano pode ser uma boa inspiração, principalmente se quiser incentivar a independência do seu pequeno.

7. Fique atento à segurança:

Quanto menor for seu filho, mais detalhada deve ser a sua vistoria de segurança. Nada de peças pontudas, de materiais que possam machucar e principalmente nada de pecinhas desmontareis que possam ser engolidas. Aposte em almofadas decorativas para complementar a decoração do quarto e, se possível, invista em um guarda-roupa planejado.

Fonte: www.vivadecora.com.br

Bebê a caminho? Hora de fazer o quartinho!

Quando um casal está esperando um bebê tudo o que eles querem é preparar a casa para recebê-lo de maneira super confortável e aconchegante, porém, com os projetos residenciais cada vez mais compactos a tarefa de decorar um quarto de bebê pequeno pode se tornar um desafio.

E pensando em vocês papais que estão com o dilema de como transformar o quarto de bebê pequeno para recebê-lo com muito amor e conforto, nós fizemos esse post com algumas dicas e muitas fotos de ideias para quarto de bebê decorado para se inspirar.

Cores para quarto de bebê pequeno

O primeiro item que precisa ser analisado para fazer a decoração de quarto de bebê simples e pequeno são as cores. Comumente o azul é usado para quarto de menino e o rosa para quarto de menina, porém, hoje em dia isso já não é mais uma regra e a decoração do quarto de bebê simples e pequeno pode receber outros tons para alegrar esse ambiente.

Mas algo que é sempre bom ter em mente quando o assunto são cores para quarto de bebê pequeno, é manter uma paleta de cores claras, afinal, tons mais claros ajudam na sensação de amplitude do ambiente, deixando o quarto de bebê simples e pequeno visualmente maior.

Se você fizer questão de tons mais fortes no quarto pequeno de bebê, procure inserir essas cores em detalhes da decoração como objetos decorativos, almofadas e tapetes.

Papel de parede para quarto de bebê pequeno

O papel de parede é mais uma ideia para quarto de bebê relacionado às cores da decoração. Nesse caso, além de investir em tons mais claros também é bem interessante preferir utilizar papel de parede com estampa de listras, ajudando a alongar visualmente o quarto pequeno de bebê.

Móveis para quarto de bebê pequeno

Alguns móveis como o berço, cômoda de bebê com trocador e poltrona são essenciais para o quarto pequeno de bebê, já outros são dispensáveis, afinal, o ambiente é compacto e é necessário ter espaço para circular confortavelmente pelo ambiente.

Nesse caso é interessante investir em um projeto de quarto de bebê pequeno planejado, conseguindo assim utilizar ao máximo esse espaço e de forma bem otimizada.

No projeto de quarto de bebê pequeno planejado é interessante investir em um berço que já venha com gaveteiro embaixo, também não se esqueça de optar por modelos de guarda-roupa com portas de correr, afinal, elas não atrapalham a circulação pelo espaço.

Quando você for fazer o quarto de bebê pequeno planejado saiba exatamente a metragem do espaço, evitando assim que algum espaço útil seja desperdiçado.

Prateleiras e nichos para quarto pequeno de bebê

As prateleiras e nichos são sempre aliadas da organização, por isso, elas são itens indispensáveis na decoração do quarto de bebê pequeno. Além de abrigar objetos decorativos, os nichos e prateleiras também podem guardar itens que são usados diariamente pelos pais como fraldas, lenços umedecidos entre outros.

Uma das ideias para quarto de bebê é utilizar nichos com iluminação embutida, eles ficam lindos e garantem uma iluminação super agradável para o quarto pequeno de bebê.

Ideias para quarto de bebê pequeno com espelhos

Os espelhos são itens sempre usados em ambientes compactos, e em quarto de bebê pequeno isso não seria diferente. Os espelhos no quarto pequeno de bebê trazem sensação de amplitude e se trabalhados em conjunto com a iluminação e com as cortinas para quarto, o ambiente fica super aconchegante.

Os espelhos para quarto de bebê simples e pequeno podem vir em móveis espelhados como na porta do guarda-roupa, ou mesmo investir em modelos de espelhos para quarto de bebê pequeno com formatos mais infantis ou minimalistas, trazendo sofisticação ao ambiente.

fonte: texto adaptado de www.vivadecora.com.br

Alugou um apartamento pequeno e quer decorar?

Cada vez mais vemos lançamentos imobiliários com metragens reduzidas e por isso a procura por decoração de apartamento pequeno só cresce. Os moradores pesquisam formas de como decorar apartamento pequeno com pouco dinheiro mas muito aproveitamento de espaço, deixando o dia a dia menos claustrofóbico e mais otimizado.

Se você se identificou com essa situação, está no lugar certo. Aqui vamos dar três super dicas de decoração de apartamento pequeno que, com certeza, vão transformar o seu lar! Já pegue seu bloco de notas e prepare-se para fazer anotações.

1. Cozinha planejada para apartamento pequeno

A cozinha é um dos ambientes mais importantes de qualquer casa, independentemente do tamanho. Por isso, a cozinha planejada para apartamento pequeno é a primeira recomendação que vamos dar neste texto.

Os móveis planejados podem ser exatamente o que você tem procurado para otimizar o espaço do seu apartamento pequeno, pois eles são projetados para aproveitar cada centímetro dos cômodos onde são colocados, por isso esses modelos de móveis são tão procurados para fazer a decoração de apartamento pequeno deixar os ambientes mais otimizados.

Procurando um profissional, você consegue encomendar uma cozinha planejada para apartamento pequeno exatamente com o tamanho que precisa. E, mais do que isso, até mesmo com espaços para os seus eletrodomésticos.

Porém, se o orçamento está apertado, tire você mesmo as medidas da sua cozinha e vá até uma loja de móveis modulados. Eles também são ótimas opções para quem quer fazer uma boa decoração de apartamento pequeno.

2. Organização na sala de apartamento pequeno

Primeiramente, entenda que a decoração de apartamento pequeno tem também a ver com desapego. Não dá para encher os ambientes com móveis e objetos, você vai acabar ficando sufocado e sem espaço sequer para se movimentar. Escolha apenas uma ou duas almofadas decorativas para complementar o ambiente.

No caso da sala de apartamento pequeno, escolha objetos (multi)funcionais e tenha sempre em mente as proporções do cômodo. Um bom sofá-cama ou futon que abra e vire cama de casal pode ser ótimo para quando você receber visitar, por exemplo.

Além disso, pufes, sofás e bancos que também são baús são excelentes, pois dão mais espaço para guardar suas coisas e manter a organização do apartamento pequeno. Mesa de centro? Rack para sala ? Dê preferência às opções que, além de servirem ao seu propósito também ofereçam local para guardar suas coisas e, claro, expor seus objetos de decoração.

3. Decorar apartamento pequeno com pouco dinheiro: cores e espelhos
É verdade que você pode derrubar uma parede para ter ambientes integrados ou ainda usar cobogós e outros itens vazados para esse fim, mas tudo isso vai custar um bom dinheiro. Então como decorar apartamento pequeno com pouco dinheiro?

São duas dicas em uma: cores e espelho. A decoração de apartamento pequeno se beneficia muito de cores claras, pois elas dão maior sensação de amplitude aos ambientes.

Da mesma forma, os espelhos parecem “duplicar” os cômodos onde são colocados, o que também passa a impressão de que eles são maiores, portanto, eles são perfeitos para apartamento pequeno.

fonte: www.vivadecora.com.br

Quer deixar a sua casa mais colorida?

As cores são responsáveis não somente pelo aspecto visual da sua casa, como também podem ajudar e expressar emoções, sua personalidade e melhorar as boas energias de um ambiente.

O gosto por algumas cores é questão de preferência pessoal, porém, o uso delas na decoração precisa ser feito com planejamento.

A cromoterapia acredita que as cores têm o poder de renovar um espaço e dar a ele a energia necessária para viver em harmonia.

Vamos te ajudar a ter uma casa cheia de boas vibrações e, acima de tudo, bonita. Seja você um adorador do amarelo, azul ou vermelho, saiba como combinar diferentes cores e trazer mais alegria para o seu lar.

CORES NA DECORAÇÃO

Existem formas diferentes de usar cores na decoração. Uma delas, é colocar os tons pontualmente em algumas partes da casa, dando um toque de alegria ao ambiente.

Há os que optam também por ter ambientes coloridos e descontraídos. Você pode ter um quarto, banheiro, jardim, quarto infantil, quarto de bebê, lavanderia, cozinha e varanda com uma explosão de cores.

MOBILIÁRIO DESCONTRAÍDO

Grandes peças em cores fortes podem trazer descontração e personalidade para um ambiente. Um sofá colorido pode iluminar uma sala de estar, enquanto uma mesa de jantar de tons marcantes dá estilo para a sala de jantar.

Estantes coloridas, por sua vez, dão um toque de alegria para quartos, bibliotecas, escritórios, cozinhas, banheiros e até jardins.

COMPLEMENTE COM CORES

Os detalhes fazem toda a diferença na decoração de ambientes. Uma mesa, por exemplo, fica muito mais bonita com o uso de taças, panelas, copos, guardanapos, talheres e utensílios de cozinha coloridos. A alegria pode também ser trazida para a sala, com itens como quadros, tapetes, vasos e almofadas estampadas e de tons fortes. Aproveite os pequenos itens e traga personalidade para os seus ambientes.

Fonte: Texto adaptado do site www.westwing.com.br

Que tal mudar um pouco a cara da sua casa?

Decorar uma casa não é uma tarefa fácil. Cada pessoa possui um estilo diferente e deve adequá-lo ao ambiente que deseja mudar.

Mas não é só o gosto que deve ser levado em conta na hora de fazer aquela mudança na casa, é preciso pensar em praticidade, funcionalidade, conforto e, muitas vezes, se a ideia que se quer aplicar vai funcionar no ambiente.

Segundo o arquiteto Rodrigo Rocha, pensar com cuidado em como decorar é muito importante para estabelecer a harmonia do ambiente: “Nossa casa é feita de pequenos detalhes, cada um com um valor em especial. Mas é preciso cuidado porque é muito comum a gente acumular coisas que gostamos (quadros, vasos, toalhinhas, almofadas, porta retratos e objetos variados) e no final acabam poluindo o ambiente, sobrecarregando a casa de informações. É importante ter noção do espaço que você tem, para então começar a ver reais oportunidades de como ocupá-lo de maneira criativa”, pondera.

Mas, e quando a decoração já é a mesma há muito tempo e enjoa-se dela? Para mudar pequenos detalhes da casa sem gastar muito, confira abaixo algumas dicas de coisas que você mesmo poderá fazer para renovar o ambiente, gastando pouco.

  1. 1. Mude os móveis de lugar

Rodrigo salienta que, antes de qualquer mudança drástica, mudar os móveis de lugar é uma excelente opção. O arquiteto afirma que a disposição dos móveis faz toda a diferença e mudá-los já pode mudar completamente o ambiente.

2. Reforme móveis

Caso a mudança de lugar dos móveis não seja suficiente, é hora de colocar a mão na massa. Em se tratando de mudar a decoração a baixo custo, a reforma de móveis é unanimidade entre arquitetos, decoradores e designers.

A arquiteta Ana Carla aconselha uma pintura básica nos móveis, “handmade mesmo”. Já para quem quer se aventurar em texturas, a designer Caroline Marrocos afirma que existem diversos tipos de técnicas que dão resultados diferentes e bonitos: “Existe a pátina, o envelhecimento, o laqueamento… todos podem mudar o estilo do móvel totalmente”, avalia.

3. Invista em objetos

Para aqueles que não querem ter tanto trabalho, uma manta, capa de almofada ou capa nova para o sofá podem mudar totalmente a cara do ambiente, segundo Ana Carla.

4. Coloque vasos de planta

Outra excelente opção, segundo a arquiteta Ana Carla, é fazer arranjos com vasos de planta, que dão vida ao ambiente. Esta opção se adapta a banheiros, salas, quartos, corredores e até cozinha. O arquiteto Rodrigo Rocha apenas ressalta para alguns cuidados com as plantas: “Não se deve colocar um cacto onde pessoas possam se ferir, por exemplo”, reflete.

5. Monte uma parede com quadros ou galeria de fotos – ou tudo junto

Ana Carla diz que outra dica interessante é montar uma parede com quadros. Rodrigo também é favorável à ideia, mas atenta para alguns detalhes: “Tenha cuidado para não sobrecarregar o ambiente e nem gerar conflitos visuais – quadros e fotos, por exemplo, devem estar sempre distantes da TV, pois a dinâmica da observação e contemplação são completamente diferentes.”

No caso das fotografias, os detalhes a se atentar são outros: “Entenda que há ambientes mais acessíveis e outros mais reservados. Aquela foto da mãe amamentando fica no quarto”, exemplifica Rodrigo. Fotos de viagem são uma ótima pedida.

6. Pendure itens inusitados na parede

Os espelhos já são velhos conhecidos da decoração. Mas uma galeria com vários espelhos, em diversos formatos e tamanhos é certamente uma decoração que surpreenderá. Molduras vazias, antigas ou novas, coloridas ou não, podem dar um novo ar para a parede que se quer mudar. Por fim, pratos não servem apenas para colocar alimentos. Eles podem ficar lindos se pendurados na parede, formando um mosaico.

7. Troque a cortina

As cortinas podem ser excelentes itens de decoração e trocá-las pode ser uma ótima ideia para mudar a cara do ambiente. A mesma dica vale para a cortina do banheiro.

8. Faça uma luminária

Uma luminária nova pode ser muito cara, mas existem luminárias lindas que podem ser feitas em casa, que darão um ar totalmente novo (e chique!) ao ambiente.

fonte: www.dicasdemulher.com.br